top of page

Como fazer um diário de leitura


Terminar de ler um livro e não ter aonde anotar o que achou dele... Não se lembrar daquela obra que você queria muito ler, mas se esqueceu do título... Não saber quantos livros você já leu no ano...


Estes são problemas que podem ser evitados com uma simples solução: ter à mão um diário de leitura!


E é exatamente sobre isso que vamos falar hoje.


Eu vou fazer o máximo que puder para te ajudar a fazer o diário de leitura dos seus sonhos, para que ele torne a sua rotina literária mais organizada e produtiva.



Como fazer um diário de leitura




Mas você sabe o que é um diário de leitura?


Diário de leitura (ou planner literário, caderno de leituras, como você preferir chamar) nada mais é do que um lugar onde você pode fazer anotações a respeito da sua rotina como leitora.


Em um diário de leitura, você geralmente pode:


  • Registrar os próximos livros que você deseja ler;

  • Escrever as suas impressões a respeito de uma leitura que finalizou;

  • Anotar as suas citações de livro favoritas;

  • Dar nota às obras que você já leu;

  • Entre muitas outras coisas!


E como eu acredito que um diário de leituras é uma das coisas mais incríveis que uma leitora pode ter (além dos livros, é claro), hoje eu resolvi te ensinar a montar o seu próprio diário literário.


Não é demais?




Como fazer um diário de leitura - foto de uma pessoa escrevendo em uma folha presa a uma prancheta



Sendo formada em Design Gráfico, eu tenho muita experiência com esse tipo de projeto.


Inclusive, criar planners é uma paixão tão grande para mim que eu tenho uma lojinha literária super fofa onde eu vendo planners de leitura e outros produtos para leitoras.


Isso porque o meu propósito é te ajudar a tornar a sua vida literária ainda mais divertida.


E foi por esse motivo que eu resolvi dividir com você algumas dicas que podem te ajudar a ter o diário de leitura dos seus sonhos!


Vamos passar por temas como impressão e montagem do diário literário, bem como onde encontrar as páginas do diário em si (e nesse ponto eu já vou avisando que tenho uma surpresinha incrível pra você! Continue lendo este post para descobrir mais sobre isso.)




Aprenda como fazer um diário de leitura - foto de uma prancheta em cima de uma mesa, ao lado de um computador




Mas qual é a vantagem de ter um diário de leituras?


Você pode estar se perguntando se manter um diário literário é pra você.


Então aqui vão alguns pontos que podem te ajudar a decidir se você deseja que essa atividade incrível faça parte do seu dia-a-dia:


  • Um diário de leitura pode te tornar mais produtiva e te ajudar a ler cada vez mais;

  • Você não vai mais precisar perder a conta de quantas obras já leu no ano, já que pode anotar suas leituras concluídas no diário e se orgulhar do seu progresso como leitora ao longo dos meses;

  • Um diário de leitura te ajuda a estar em contato com a literatura mesmo quando você não estiver a fim de ler;

  • Usar um diário literário pode diminuir o tempo que você geralmente perde tentando decidir qual livro ler em seguida, já que nele você pode anotar previamente quais serão as suas próximas leituras;

  • Manter um diário como leitora pode se tornar um novo hobby para você, como se fosse uma extensão do próprio hobby da leitura em si;

  • Se você gosta de papelaria, canetas, marcadores e washi tapes, vai amar saber que pode se divertir à beça decorando o seu diário com estes itens!



Existem tantas outras vantagens de se ter um diário literário, mas tenho certeza de que só de ler as que eu listei aqui em cima você já ficou ansiosa para dar início a esse hobby incrível que é manter um diário de leitura, né?


Então, já podemos começar. Mãos à obra!



Foto de marcadores coloridos, que podem ser usados para decorarem o diário de leitura





Como fazer um diário de leitura


A primeira coisa que você tem que saber é: não existe certo ou errado na hora de fazer o seu diário literário! Ele pode ser do jeitinho que você preferir.


É assim que você monta o diário de leitura dos seus sonhos: personalizando-o para que ele fique a sua cara.


O que eu vou te apresentar são ideias de como fazer isso acontecer, mas você pode ficar à vontade para dar a sua carinha ao seu novo projeto.


E nós não podemos montar um diário literário sem antes termos as páginas que compõe este diário, né? Então...





Como fazer as páginas do meu diário literário?


Se você for uma pessoa que gosta de fazer tudo sozinha, não tem segredo: basta criar as suas páginas por conta própria.


Se essa opção não for para você, não se preocupe! Já já eu vou te mostrar outras alternativas.


Mas primeiro, separe os seus lápis e as suas canetas! Porque agora nós vamos ver como funciona criar as suas páginas por conta própria...






Criando as páginas do diário à mão por conta própria



Se você escolher essa alternativa, você pode seguir o passo-a-passo abaixo:


  1. Escolha um caderno para usar como base do diário de leitura, ou separe algumas folhas de sulfite avulsas para trabalhar do zero mesmo;

  2. Anote em uma folha de papel à parte tudo o que você deseja que o seu diário possua. Isso pode incluir: páginas para fazer resenhas de livros, páginas para anotar os próximos livros que deseja ler, páginas para registrar quais obras você já leu no ano, etc.

  3. Quando já souber tudo o que você deseja em seu planner, comece a trabalhar nas folhas do planner em si: use canetinhas, marca-textos ou canetas coloridas para decorar as folhas, e não se esqueça de deixar espaços para preencher suas respostas no dia-a-dia.



Marcadores coloridos que podem ser usados para fazer um diário de leitura


Apesar de ser muito legal fazer tudo à mão por conta própria, também existem desvantagens nessa escolha. Como por exemplo:


  • a cada nova folha que você precisar adicionar ao seu diário de leitura, será necessário que você tenha o trabalho de criar o design da página novamente, o que pode acabar sendo cansativo;

  • nem todas as páginas podem ficar iguais, já que é muito difícil replicar perfeitamente os elementos de uma folha para a outra quando estamos trabalhando a mão, o que tende a ser frustrante;

  • você pode cometer erros enquanto cria a página, o que vai deixar a folha rasurada (e eu não sei você, mas eu detesto rasuras à caneta e detesto ainda mais ter que recorrer ao uso de branquinhos!)


É por isso que existe outra alternativa...





Criando as páginas do diário por conta própria no computador


Criar as páginas do diário no computador pode ter uma vantagem incrível: sempre que você quiser adicionar uma folha ao diário, basta imprimir uma nova cópia do design que você já criou anteriormente.



Fazendo um diário de leitura no computador



Você pode usar:


  • O Microsoft Word;

  • O Adobe Illustrator (que é o programa profissional que eu uso para criar os planners literários que eu vendo na minha loja);

  • O site Canva;

  • Entre outros!


Estes são apenas alguns programas ou sites que eu conheço, mas acredito que existam muitos outros onde você pode criar o seu próprio diário de leitura.


As desvantagens de criar as páginas do diário por conta própria no computador é que, se você não tiver uma boa noção de design, a arte da página pode não ficar tão fofinha quanto você gostaria, o que pode acabar te desmotivando desse hobby incrível.


E a boa notícia é a seguinte: existem muitas páginas de planner gratuitas e prontinhas para você baixar!


"Mas como?", você deve estar se perguntando.


E é isso o que eu vou te responder agorinha...





Baixando páginas gratuitas feitas por outras pessoas


Se você escolher esta alternativa, não precisará criar um planner/diário de leitura do zero. E isso pode te poupar muito tempo e dor de cabeça!


Existem muitas pessoas na internet que disponibilizam páginas de planners literários para você baixar gratuitamente.



Como baixar um diário de leitura no computador


E não, eu não me refiro a você ir até o Google e salvar imagens aleatórias de planners a fim de usá-las sem a devida permissão de quem as criou.


Isso infringiria a lei dos direitos autorais!


O que eu quero dizer, na verdade, é que você pode acessar o site de pessoas que, por boa vontade, permitem que o público faça o download desses arquivos de forma gratuita.


Eu, inclusive, sou uma dessas pessoas... E é essa a surpresinha que eu comentei com você no início desse post!


Eu vou disponibilizar uma página de diário literário super fofa que eu fiz com todo carinho para te ajudar na sua rotina como leitora.


E o melhor é que, como sou designer por formação e ilustradora, eu não podia deixar de produzir uma página que tivesse um design funcional, mas também super charmoso.


Olha só como ficou:



Página do diário de leitura disponível para download gratuito no meu site


Clique no botão abaixo para fazer o seu download e garantir esta que pode ser a primeira página do seu diário de leituras:





A desvantagem de usar somente páginas gratuitas para compor o seu diário é que, se você baixar cada página de um designer diferente, seu diário de leituras provavelmente não ficará uniforme: terá cores diferentes, letras diferentes e talvez nem todas as folhas sejam do seu gosto.


Fora que você pode não encontrar muitas opções de páginas criativas quando elas são gratuitas!


Nesse caso, eu tenho uma última alternativa pra você (e, sinceramente, essa é a minha preferida)...




Compre um planner literário para imprimir


Quando você compra um bom planner de leitura para imprimir na forma de um produto digital, tudo o que você precisará fazer será imprimir as páginas na impressora da sua casa ou em uma gráfica da sua confiança e se divertir com a montagem do material.


Ou seja: neste caso, você também não precisará criar um planner/diário de leitura do zero.


Isso porque o design já foi criado para você!


Dessa forma você não precisa perder tempo caçando na internet páginas diferentes de sites diferentes que, no final das contas, provavelmente nem vão combinar entre si.


Pois com um planner literário pensado por uma designer, você pode ter à mão páginas e mais páginas super charmosas, que combinam entre si e que são, em alguns casos, até mesmo ilustradas!


Este aqui, por exemplo, é o planner de leitura ilustrado de 43 páginas que eu criei para a minha loja de produtos digitais:



Planner literário à venda na minha loja online


Não é a coisa mais linda?!


Eu sinceramente amei criar cada pedacinho desse material, que hoje em dia é o queridinho da minha loja, o best-seller.


Já são mais de 300 leitoras que levaram essa belezinha para casa, no intuito de montarem esse planner lindinho e de se divertirem com a literatura!


E se você também se interessou por ele, eu te convido a conhecer a minha loja e descobrir se este planner também é a sua cara:






Ilustração decorativa para separar os parágrafos e decorar o post


Como imprimir o meu diário de leitura?


Agora que eu já te ensinei sobre as páginas do diário, vamos falar um pouco sobre a impressão deste material.


Se você tiver escolhido criar tudo à mão, não vai precisar imprimir as páginas do diário. Mas, mesmo assim, ainda vai poder se beneficiar das dicas sobre qual tipo de papel escolher para compor o seu diário, então continue lendo!



Fazendo um diário literário




Fazendo a impressão do material


Se você possuir uma impressora na sua casa, isso vai facilitar bastante o seu processo.


Isso porque você pode imprimir quantas folhas desejar, no momento em que desejar, sem precisar sair de casa.


Em contrapartida, você também pode imprimir seu diário em uma gráfica.


Vale fazer uma comparação entre o custo da tinta da sua impressora e o preço que uma gráfica vai cobrar de você, para assim decidir o que cabe no seu bolso.





Os tipos de papel ideais


Agora vamos à parte que eu sei que você estava esperando ansiosamente para descobrir: "Qual tipo de papel eu devo usar para imprimir o meu diário de leitura?"


Então, vamos finalmente falar de papeis!


Existem muitos tipos de papel que podem casar perfeitamente com esse projeto, mas aqui eu vou te indicar apenas dois:


  • o papel Sulfite;

  • e o papel Offset.


Isso porque estes são papeis porosos (e não lisos), que absorvem melhor a tinta da caneta e aceitam muito bem o grafite do lápis.


Já papeis como o Couchê, por exemplo, podem ser bonitos, mas neste caso eu não recomendo a sua utilização, já que é um papel mais liso e que talvez borre as tintas das canetas com mais facilidade, por seu período de absorção ser mais demorado.



Foto de uma prancheta com papeis que podem ser usados para fazer um diário de leitura


Um detalhe importante a se considerar na hora de escolher o papel do seu diário de leitura é a gramatura.


Em termos bem leigos, gramatura é basicamente a grossura do papel, e como o próprio nome já diz, é medido em gramas. Quanto maior a gramatura, geralmente mais grossinho ele é.


Na minha opinião, quanto mais grosso o papel, mais bonito fica o impresso, além de impedir que a tinta das canetinhas seja transferida para o verso da folha.


Entretanto, normalmente isso também encarece o preço.


Portanto, a minha sugestão é que você não escolha uma gramatura nem muito alta e nem muito baixa, talvez algo em torno de 120 gramas.


Se você só quiser usar lápis e canetas comuns em seu diário, aí então uma folha de 90 gramas talvez já seja o suficiente para você.


Se você for imprimir o diário na impressora da sua casa, não se esqueça de verificar até qual gramatura ela é capaz de imprimir, pois as impressoras domésticas geralmente não fazem impressão em papeis de gramaturas muito altas.


Uma dica legal que eu aprendi na faculdade de design é a seguinte: vá até uma papelaria ou loja especializada em papeis e peça para segurar as folhas.


Pergunte à atendente quais são os tipos de papel e as gramaturas que você está sentindo nas mãos, e assim você conseguirá definir bem mais facilmente com qual tipo de papel você adoraria que o seu diário literário fosse composto.





Montando um diário de leitura




Como montar o meu diário de leitura?


E chegamos aqui, no momento final: a montagem do seu lindo diário de leitura!


Existem muitas e muitas formas de fazer isso, e aqui vão algumas delas:


  • Você pode unir as folhas com a ajuda de clipes de papel decorativos;

  • Pode encadernar o seu diário com espiral;

  • Pode encaderná-lo com wire-o;

  • Pode usar as páginas de maneira avulsa;

  • Pode guardar as folhas em uma pasta catálogo;

  • Pode usar uma prancheta para apoiar e prender as páginas;

  • Pode fazer uma encadernação em capa dura artesanal e manual;

  • Ou, o meu modo favorito: pode juntar todas as folhas em um lindo fichário!


O bacana de um fichário argolado é que você pode abrir e fechar as argolas sempre que quiser adicionar uma nova página do diário de leitura a ele.


Isso vai te dar muito mais liberdade ao longo do tempo, já que assim você praticamente nunca vai ter um limite na quantidade de experiências literárias que pode anotar no diário.


Vai ser igual coração de mãe: sempre vai caber mais uma página, né?




Fazendo um diário de leitura


Ilustração decorativa para separar os parágrafos e decorar o post



Eu espero, do fundo do meu coração, que as dicas desse post te ajudem a montar o diário de leitura dos seus sonhos!


Não se esqueça de baixar o meu diário de leitura gratuito para começar o seu novo hobby com o pé direito:


Banner convidando a leitora do blog a baixar o diário de leitura grátis do meu site




Outros posts que você também pode gostar:


4.264 visualizações

Comments


Meu nome é Renata, mas pode me chamar de Re! Sou escritora de chick lits, um gênero literário caracterizado por seus livros leves e divertidos sobre protagonistas modernas.

 

Sou apaixonada por literatura e acredito em finais felizes (tanto nos livros quanto na vida real!).

No meu blog você encontra dicas literárias para deixar a sua rotina como leitora ainda mais divertida!

 

Saiba mais.

quem escreve?

Renata Lustosa autora.png

Aproveite as ofertas:

bottom of page