O que é Chick Lit?

Não é checklist, e nem chilique... O nome do gênero que ganhou nosso coração é Chick Lit!


Chick Lit é um gênero literário dentro da ficção, cujas histórias normalmente são escritas por mulheres e retratam protagonistas mulheres — apesar de haverem exceções. São livros divertidos, muitas vezes com um lado cômico e uma personagem que precisará passar por obstáculos até chegar ao seu final feliz — que não necessariamente têm a ver com relacionamentos amorosos, mas que também podem retratar assuntos como trabalho, família, amizades, entre outros. Apesar disso, grande parte desse gênero envolve uma pitada de romance, coisa que eu particularmente amo!


Você provavelmente já deve ter ouvido falar de livros pertencentes a esse gênero, só não sabia disso ainda. Alguns exemplos são os famosos "O diário de Bridget Jones", de Helen Fielding, "Os delírios de consumo de Becky Bloom", de Sophie Kinsella, "O diabo veste prada", de Lauren Weisberger e "Melancia", de Marian Keys.





É importante ressaltar que o termo "chick lit" vem do inglês e pode ser traduzido como "literatura de mulherzinha". É um termo de característica pejorativa, erroneamente sugerindo que esse estilo de livro é inferior, ofendendo não só ao gênero literário como também à mulher.


Apesar disso, o termo passou a ser a nomenclatura usada para descrever esse tipo de literatura e tornou fácil a identificação dos livros que possuem esse estilo. E, para mim, o significado de chick lit é outro, com uma tradução totalmente diferente: literatura divertida, leve e empolgante.




A verdade é que esses livros retratam SIM temas importantes. Tome "Férias!", também da autora Marian Keys, como exemplo. É um livro que retrata Rachel, uma mulher passando por maus bocados por causa de seu vício, sendo obrigada pelo pai a se internar em uma clínica para dependentes químicos. Não é exatamente o que chamaríamos de tema sem importância, correto? A diferença é que a forma como um chick lit retrata os problemas tende a ser um pouco mais leve.





Na minha opinião, esse gênero traz à tona a sensação de esperança e felicidade acima dos problemas da vida. O que, se a gente parar pra pensar, é algo bem bonito. Essa é uma das magias do chick lit: a sensação de que tudo pode ser melhor, de que a vida é boa e de que, independentemente do que aconteça, há esperança de voltarmos a sorrir.


E não é essa a melhor coisa que se pode esperar da vida?


Para mim essa é, pelo menos, a melhor coisa que se pode esperar de um gênero literário!



Espero que tenha gostado do post...


...e que ele tenha feito você se interessar a ler chick lits. Se quiser começar pelos meus livros, conheça minhas histórias de Chick Lit clicando aqui.


E antes de você ir embora, eu te convido a baixar o brinde do meu site: um planner literário exclusivo e gratuito para organizar suas leituras de romance!



Outros posts que podem lhe interessar:

2.053 visualizações
Autora Renata Lustosa.jpg

Meu nome é Renata Lustosa, e eu escrevo histórias românticas, modernas e bem-humoradas de um gênero chamado chick lit, estilo literário conhecido por seus livros leves e divertidos sobre protagonistas modernas. Sou apaixonada por literatura e verdadeiramente acredito em finais felizes (tanto nos livros quanto na vida real!). Saiba mais sobre o meu trabalho clicando aqui.