top of page

Resenha do livro Minha vida (não tão) perfeita, escrito por Sophie Kinsella

Se você está procurando pela sinopse ou resenha do livro Minha vida não tão perfeita, da Sophie Kinsella, então você acaba de chegar ao lugar certo!



Será que é possível alcançar a vida perfeita?


É assim que eu descreveria o livro Minha vida (não tão) perfeita em uma só frase.


Porque é exatamente isso que Cat, a protagonista deste livro, está começando a se perguntar!


E é desse livro que vamos falar na resenha de hoje: Minha vida (não tão) perfeita, da autora Sophie Kinsella.


Então, se você está tentando decidir se essa pode ser a sua próxima leitura, continue lendo, porque este post foi feito para você!



Resenha do livro Minha vida não tão perfeita


Resenha do livro Minha vida (não tão) perfeita, de Sophie Kinsella

Sinopse: "Cat Brenner tem uma vida perfeita: mora num flat em Londres, tem um emprego glamouroso e um perfil supercool no Instagram. Ah, ok... Não é bem assim... Ela mora em um quarto minúsculo, seu trabalho numa agência de publicidade é burocrático e chato, e a vida que compartilha no Instagram não reflete exatamente a realidade. E seu nome verdadeiro nem é Cat, é Katie. Mas ela acredita que seus sonhos se tornarão realidade, que ela será reconhecida pela chefe... Até que tudo começa a dar errado. Após muitas confusões, dúvidas e uma mudança radical em si mesma, Katie percebe que nada é como ela imaginava. Afinal, o que há de errado em ter uma vida (não tão) perfeita?"




Título do livro: Minha vida (não tão) perfeita

Gênero literário: Chick lit

Editora: Record

Número de páginas: 406

Ano de publicação: 2017

Minha nota para esta leitura: ☆☆☆☆☆







"Meu casaco é quentinho, apesar de ter custado 9,99 livras e ter sido comprado no brechó. Tinha uma etiqueta nele — CHRISTIN BIOR —, mas eu a cortei assim que entrei em casa. No lugar em que trabalho, não dá para ir com um casaco CHRISTIN BIOR."




A história do livro Minha vida não tão perfeita



Minha vida não tão perfeita conta a história de Catherine Brenner, uma garota de 26 anos cujo apelido era Katie, mas que resolveu mudá-lo para Cat no intuito de parecer mais descolada.


Para este efeito, ela também usa um coque, óculos de grau falsos e delineador nos olhos.


Ela está tentando criar uma nova imagem para si, e para isso usa o Instagram para fabricar essa realidade "melhorada", postando fotos que dão a entender que sua vida é mais glamurosa do que realmente é.


Ela sempre quis morar em Londres, e finalmente conseguiu: agora ela trabalha em uma agência de publicidade chamada Cooper Clemmow e admira imensamente a vida de sua chefe rica, a Demeter que é a diretora-executiva de criação da agência, e tem uma casa chique que adquiriu por mais de 2 milhões e que já saiu até numa revista.


Apesar de a chefe ser um pesadelo, Cat sente uma certa inveja dela. Como ela mesma diz, é uma mistura de inveja com desejo (de alcançar o patamar que a chefe conquistou), que ela chama de "deveja".




"Essa é a minha chefe. Demeter. A mulher que tem a vida perfeita. Não estou exagerando. Quando digo que Demeter tem uma vida perfeita, pode acreditar, é verdade. Tudo o que alguém poderia querer na vida, ela tem. Emprego, família, atitude. Tem, tem e tem. Até o nome, que é tão diferente que ela não precisa dizer o sobrenome (Farlowe). Ela é apenas Demeter. Tipo Madonna."




Resenha do livro Minha vida não tão perfeita, escrito pela autora de chick lit Sophie Kinsella



Apesar de seu trabalho na equipe de pesquisa da agência não ser nada glamuroso, e Cat ser a pessoa que ganha menos no setor dela, ela sente que está no caminho certo.


Ela tem muita garra e força de vontade, e sente que pode aprender com a chefe.




"Serei o Kung Fu Panda para o Mestre Shifu dela, só que com menos kung fu. (Provavelmente.)"



Até que um acontecimento faz com que tudo comece a dar errado, e todos os seus sonhos vão por água abaixo: Cat é demitida da agência e seu mundo desmorona!


É então que ela decide voltar para o interior, em Somerset, onde o pai e a madrasta moram e possuem uma fazenda. E lá resolve ajudá-los a transformar a Fazenda Ansters em um glamping, a nova moda do momento, que seria uma espécie de acampamento com glamour.


O que Cat não contava é que uma das hóspedes desse glamping seria ninguém menos que Demeter...


E agora ela precisa ficar cara-a-cara com a pessoa que arruinou todos os seus sonhos!


Apesar de ter tentado de tudo para ter uma nova identidade, talvez Cat precise voltar às raízes para perceber o jeito certo de ver a vida.


E talvez, quem sabe, até encontre alguém que faça o seu coração bater mais forte.




Resenha de Minha vida não tão perfeita, um livro de Sophie Kinsella





Minha opinião sobre o livro Minha vida não tão perfeita



Minha vida não tão perfeita é um livro do gênero literário chick lit que é escrito por uma autora que é considerada por muitas leitoras como a própria rainha do chick lit: Sophie Kinsella.


Só por conta deste fato já vale a pena conferir esta obra, né?


Mas não é só isso!


Este livro também é uma ótima dica para momentos em que você quiser relaxar com a leitura. Ele é leve, divertido e muito bem escrito.


É por isso que, na minha opinião, ler esta obra vale muito a pena!


A narração de Minha vida (não tão) perfeita é contada na primeira pessoa.


Cat é uma protagonista engraçada, e é bem legal acompanhar as situações inusitadas que acontecem com ela.


A sensação é a de estar ouvindo os relatos de uma amiga!


Me peguei rindo alto ao ler este livro, o que eu sempre considero como um bom sinal.




"Se eu governasse o país, haveria cursos para ensinar coisas realmente úteis e que fazemos a vida toda, tipo: Como Usar Delineador. Como Declarar o Imposto de Renda. O Que Fazer Quando Sua Privada Entope E Seu Pai Não Atende o Telefone E Você Vai Dar uma Festa."



Resenha do livro Minha vida não tão perfeita, de Sophie Kinsella
Olha só como a capa do livro Minha vida (não tão) perfeita é linda!



A capa deste livro é um charme à parte!


Criada em um tom de rosa-bebê de fundo, a arte de capa conta com uma ilustração pequenina da personagem e letras grandes em tons de azul e rosa pink.


É aquele tipo de livro super fofo que a gente vê na livraria e quer logo comprar para decorar a nossa estante.







Se você está procurando uma história para rir e relaxar, Minha vida (não tão) perfeita é uma ótima candidata para ser a sua próxima leitura.


Fora que o livro vai ficar uma verdadeira gracinha na sua estante!


Mas se prepare: depois de ler este livro, você provavelmente vai querer devorar todos os outros livros da Sophie Kinsella.

Espero que você tenha gostado da minha resenha sobre o livro Minha vida (não tão) perfeita, e que esta obra te divirta tanto quanto me divertiu!





E não vá embora ainda... Confira outros posts do blog que podem te interessar:


133 visualizações0 comentário

Comments


Meu nome é Renata, mas pode me chamar de Re! Sou escritora de chick lits, um gênero literário caracterizado por seus livros leves e divertidos sobre protagonistas modernas.

 

Sou apaixonada por literatura e acredito em finais felizes (tanto nos livros quanto na vida real!).

No meu blog você encontra dicas literárias para deixar a sua rotina como leitora ainda mais divertida!

 

Saiba mais.

quem escreve?

Renata Lustosa autora.png

Aproveite as ofertas:

bottom of page